Facebook Youtube Instagram
06 de Novembro, 2018

Aconteceu: Uma festa no Santuário - Fase final da Ginfanto 2018

A competição é concluída no Santuário de Atibaia/SP

Faz barulho, tem torcida, a correria é grande… Até parece um enorme parque de diversões a céu aberto, mas, é bem mais que isso. Poderia se dizer que é um pequeno pedaço do céu refletido na terra. O Santuário de Atibaia/SP recebeu, nesse domingo, 4 de novembro, crianças e jovens, de várias cidades, para concluir o desafio da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt Infanto-juvenil. Com cores vibrantes, gritos de guerra, o brilho nos olhos e as graças da Mãe e Rainha, estava aberta a fase final da “Ginfanto 2018”.

No decorrer do ano, os grupos de crianças e jovens enfrentaram provas bem variadas. O intuito, em 2018, era conhecer mais sobre a vida do Pe. José Kentenich, por isso, cada desafio estava ligado a uma etapa de sua história. Por exemplo, a primeira tarefa realizada era visitar um orfanato ou lar de crianças. Falando sobre a vocação e missão de vida do fundador, o desafio das crianças era “entrevistar” o seu pároco e conhecer sua história de vida – teve até entrevista com um bispo.

A coordenadora Sara Caçador, de Tremembé/SP, diz que “a Ginfanto é a pupila dos nossos olhos”. Isso porque, “temos a consciência de que o futuro do nosso Movimento são as crianças e os jovens, então temos que continuar investindo neles e, principalmente, vinculá-los ao Santuário”.

Para ela, todas as provas foram marcantes, mas, “a mais marcante foi a peregrinação que nós fizemos pela beatificação do Pe. Kentenich, porque nós saímos pelas ruas. As crianças, os jovens têm um pouco de receio de mostrar que são católicos, que participam da Igreja. Então esse momento foi muito bonito, porque nós saímos com cartazes, com autofalantes, todo mundo cantando em harmonia. Acho que foi um momento muito especial para nós e com bastante participação das crianças”.

 

A final

Os grupos se reuniram no Santuário, nesse domingo, para concluir a competição e realizar as últimas provas. Iniciando com a Santa Missa, o dia foi preenchido com atividades variadas.

Fernanda Souza Rocha tem 11 anos, é de Piracicaba/SP e participa pela primeira vez de um encontro da Campanha Infanto-juvenil. Ela não conhecia a história do Pe. José Kentenich, mas aprendeu um pouco com os teatros que foram apresentados. “O que eu mais gostei foram as brincadeiras, os jogos e o teatro”.

Já André Luis Marçal, de Tremembé/SP, 9 anos, participa sempre das atividades da Campanha. “O que eu mais gostei foi o teatro e nós aprendemos a história do Pe. Kentenich”, diz ele.

A Ginfanto também conta com a animação dos jovens. “Viemos mais para nos alegrar do que para competir”, diz Lucas Saraiva, 22 anos, de Caçapava/SP. Há seis meses ele começou a participar de um grupo da Campanha da Mãe Peregrina Jovem: “É a primeira vez que eu participo de um grupo na Igreja e estou gostando muito, é bom estar com Deus. O amor de Deus é incrível, é diferente do que a gente sente pelo mundo”.

 

 

Classificação final

Na correria pela competição, cada ponto fazia valer o esforço. Quando os pequenos descobriam que essa ou aquela atitude somava pontos para sua cidade, não havia dificuldade. O entusiasmo e empenho de todos levou cada grupo a ser campeão. Segundo a pontuação final, assim ficou a classificação:

1º Lugar: Piracicaba/SP
2º Lugar: Tremembé/SP
3º Lugar: Santa Bárbara D’Oeste/SP
4º Lugar: Salto/SP
5º Lugar: Caçapava/SP

Nessa competição, a grande Vencedora foi a Mãe e Rainha, que acolheu os pequeninos e os jovens em sua casa. Além do presente concreto – um chaveiro – os participantes da Ginfanto foram enviados com as graças do Santuário e o anseio de mais uma vez dar tudo pela missão.

 

XIX Congresso da Infanto - Atibaia/SP - 04/11/2018

Por: Karen Bueno


comments powered by Disqus