Facebook Youtube Instagram
10 de Junho, 2019

Aos Homens do Terço: Ser e formar CASA

Os quatro pilares do terço dos homens

Em sintonia com as novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, aprovadas pela CNBB, o Pe. Vandemir Meister escreve aos grupos do Terço dos Homens Mãe Rainha. O assessor nacional indica quatro pilares dessas Diretrizes, que têm como proposta fazer dos grupos e da Igreja uma CASA.

Aos Homens do Terço, …
Maria nos convida a um olhar sincero e honesto para nossas realidades. Cada vez que olhamos para seu rosto, percebemos que Ela nos olha, indiferente do ângulo que nós a “espiamos”. Vemo-La e contemplamos o rosto materno da Mãe de Deus; rosto alegre, terno, mas, ao mesmo tempo, um rosto que nos olha e olha para a realidade do dia a dia. Quando olhamos, como Maria, para a realidade, encontramos desafios que nos animam a buscar respostas e empreender soluções.

Nossos grupos do Terço dos Homens, são verdadeiros espaços de vida. São verdadeiras casas, espaço de ternura e misericórdia. Ali nos sentimos bem em oração; como irmãos do mesmo Nosso Senhor Jesus Cristo, unidos através de sua Mãe, Maria.
Temos um grande desafio de tornar cada vez mais CASAS os nossos grupos, nos sustentando sobre quatro pilares:

Palavra: Que possamos nos despertar cada vez mais para ouvir o que Deus nos fala por meio de sua palavra do Evangelho que ouvimos antes de começar a recitação do Terço.

Pão: O que nos alimenta no Terço é a liturgia do mesmo (sua mística) e a espiritualidade do mesmo. O Terço não é uma recitação estéril, mas um diálogo com Maria através de cada Ave-Maria, que abre para as outras dimensões da vida de Fé; especialmente ao encontro com o Senhor vivo, através da Eucaristia.

Caridade: Cuidar e zelar para que nossa casa, os grupos do Terço dos Homens possam ser verdadeiros espaços de acolhida para aquele que chegam pela primeira vez. Mas, no entanto, sem ignorar aqueles que permanentemente estão presentes. Às vezes, somos muito acolhedores com os novos, mas esquecemos daqueles que fazem cotidianamente o caminho conosco. Ao nos aproximar, conheceremos suas verdadeiras necessidades e possibilidades de também nos ajudarem. Quanto mais partilhamos, mais nos ajudamos e assim formamos comunidade!

Missão: Nossa primeira missão é levar a experiência de CASA, do Terço dos Homens, para dentro de nossas próprias famílias, trabalho e lazer. Outra missão que, como Terço dos Homens, assumimos em corresponsabilidade com toda a Igreja, é levar os JOVENS para dentro dos nossos grupos do Terço dos Homens. Assumimos essa missão junto com o Papa Francisco, desde o último Sínodo da Juventude, que nos diz que o jovem não é o futuro da Igreja, mas o presente da Igreja. Por isso, ele já tem que estar gerando protagonismo dentro da Igreja. Queremos que nossos grupos do Terço dos Homens, entre os cabelos grisalhos, levem o mesmo número de jovens. Esta é uma missão para cada homem do Terço, levar crianças, adolescentes e jovens para os Grupos do Terço, que cada vez mais se tornem espaço de ternura e misericórdia.

Que pela intercessão da Mãe e Rainha, nossa Mãe e Educadora, possamos cada vez mais ser seus Filhos Prediletos e geradores de vida, fazendo dos nossos espaços verdadeiros espaços da presença de Deus.
Que nosso Capital de Graças nos una cada vez mais ao seu Santuário e, assim, sermos transformados por suas graças.

Com minha benção sacerdotal,

Pe. Vandemir Jozoé Meister, ISch
Assessor Nacional do Terço dos Homens Mãe Rainha



Fonte: schoenstatt.org.br