Facebook Youtube
27 de Junho, 2017

Arraiá da Mãe e Rainha movimenta Santuário de Atibaia

Confira fotos do festejo que reuniu mais de 1.600 peregrinos neste último domingo, 25

Neste último domingo, 25, o Santuário de Schoenstatt de Atibaia (SP) realizou o já tradicional Arraiá da Mãe e Rainha. Em meio a bandeirinhas coloridas, barracas de comidas típicas e chapéus de palha, mais de 1.600 peregrinos, grande maioria pertencente à Diocese de São João da Boa Vista (SP), participaram da programação religiosa e de lazer, que incluiu peregrinação, catequese mariana, apresentação sertaneja, show de prêmios e oração do terço.

Durante a catequese mariana, o peregrino Daltair Barbosa da Silva, residente no município paulista de Mogi Guaçu, participou da encenação teatral da pesca milagrosa da imagem de Nossa Senhora Aparecida. “Foi uma emoção muito grande! É a primeira vez que venho ao Santuário e foi uma bênção participar do teatro, ainda mais como um dos pescadores”, declarou.

A Santa Missa marcou o ponto alto e o encerramento da programação. A celebração foi presidida pelo pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, de Vargem Grande do Sul (SP), padre Edson Vallim Dainezi, e concelebrada pelo vigário da Paróquia Santuário São Roque, de São José do Rio Pardo (SP), padre Patrício Alejandro Javier Navarro Mendes.

Em sua homilia, padre Edson exortou os fiéis a não desanimar diante das dificuldades e tribulações, mas confiar no amor e na poderosa intercessão da Mãe de Deus. “Estamos no Santuário de nossa Mãe querida, onde podemos rezar e pedir: ‘Cubra-me com teu manto de amor’. Isso é o que devemos pedir quando ‘a coisa engrossar’ e não ‘chutar o balde’. Temos que dizer: ‘Mãe, interceda por mim nos espinhos, nas pedras do meu caminho, as dificuldades não vão me impedir de amar ainda mais a sua Igreja, de amar ainda mais a minha fé, de amar ainda mais a minha missão’”.

A peregrina Celina Pereira de Faria Fraga, do município mineiro de Paraisópolis, visitou a Casa da Mãe e Rainha pela primeira vez há 18 anos. Desta vez, destacou o crescimento do Santuário e aproveitou para pedir uma bênção especial. “A primeira vez que vim ao Santuário, ainda estava no começo, tudo ainda muito simples. Agora está ainda mais maravilhoso! Pedi a Mãe e Rainha uma graça, porque meu netinho de 7 anos está com diabetes. Se Deus quiser, ele será curado. Já é uma bênção estar aqui hoje”.

Por fim, a peregrina Maria Regina Rabello Rosa de Oliveira, residente em Aguaí (SP), resumiu o que foi o dia de festa na Casa da Mãe e Rainha. “Deus gosta dos cristãos alegres. Essa nossa alegria é a prova de que ser cristão é ser alegre, é ser feliz”, afirmou a peregrina.

Arraiá da Mãe e Rainha

Por: Daniele Castro/AMEX


comments powered by Disqus