Facebook Youtube Instagram
26 de Julho, 2020

Reino dos Céus tesouro escondido…

No dia dos avós, fazemos memória de Santa Ana e São Joaquim, avós de Jesus.

Jesus continua sua série de parábolas sobre o Reino dos Céus e neste fim de semana elas tem comparações muito bonitas: tesouro escondido no campo, pérolas preciosas, rede de pesca e boa instrução nas coisas de Deus.

O Reino começa dentro de nós, pois em nós habita, pelo Batismo, a Santíssima Trindade. Temos que conquistá-lo. Se o Reino for nosso grande ideal de vida e por ele estarmos prontos a nos sacrificar e instaurar no mundo, seremos capazes de vender tudo o que temos para sua conquista, ele passará a ser nossa preciosidade, saberemos fazer boas escolhas por ele e desprezaremos tudo que não é compatível ao Reino e, a exemplo de Jesus adolescente no Templo, cuidando das coisas do Pai, saberemos dar coisas boas a todos que se aproximam de nós.

Por isso, Jesus nos ensinou na “Oração do Pai nosso “que peçamos que “venha a nós vosso Reino”, ora que Reino é este? Não sejamos como os apóstolos que visionavam um reino terrestre nos moldes dos que estamos a ver na história de ontem e de hoje. Não é um reino de ideologias, não é um reino partidário… este Reino é de Amor. Levar a solidariedade aos que são vulneráveis, ser misericordioso e compassivo, ser sal da terra e luz do mundo, ser instrumento de construção de paz, derrubar muros que separam e construir pontes que nos unem.

Jesus é esta imagem do Reino. Se repararmos sua atuação enquanto esteve no mundo, compreenderemos sua linguagem sobre o Reino e suas comparações. Porém, se estivermos acomodados e sempre à espera de solução para este mundo e suas vicissitudes, nos frustraremos como Judas Iscariotes, teremos ambições como os filhos de Zebedeu (sentar-se à direita e a esquerda); Reino é para quem se faz como criança, já advertia Jesus.

Nosso Pai e Fundador, Padre José Kentenich, encontrou em Schoenstatt esse tesouro do Reino. A este Reino se entregou de corpo e alma, por meio da Aliança de Amor, e sob os cuidados da Mãe Admirável e vinculado ao Santuário fonte límpida de graça! Ai na Escola de Maria, a grande servidora do Reino, vinculados na Aliança de Amor levaremos ao mundo as boas sementes do Reino, onde Schoenstatt (Belo Lugar) se estabelecer, o Reino tornar-se-á uma realidade.

Neste domingo fazemos memória dos avós de Jesus, pais de sua querida Mãe, São Joaquim e Santa Ana. Que milagrosamente, em idade avançada, Deus os presenteou com a vida de Maria! Seus pais são o retrato do último versículo do Evangelho deste Domingo, pois deram a Maria o melhor que tinham do conhecimento de Deus. E esta por sua vez acolheu a mensagem do Anjo e prontamente disse seu “sim”.

Neste dia, envie mensagens carinhosas a seus avós – se estiverem vivos; e aqueles que já estão na eternidade envie seus nomes para as intenções de Missa de nossos Santuários. Devido a este tempo de pandemia, estamos distantes socialmente, mas isso não impede de sermos carinhosos para com eles, através dos meios de comunicação de hoje.

Por: Pe. Francisco José Lemes Gonçalves